• Ferraz

    Chá beneficente reúne 200 mulheres

  • Suzano

    Educação: Prefeitura avança na formatação das diretrizes curriculares

  • Mogi

    Prefeitura promove Dia D de combate à Dengue nos equipamentos municipais

  • Itaquá

    Zoonoses realiza ações contra dengue em Itaquá

  • Arujá

    Arujá é destaque em regularização fundiaria

Prefeito Acir Filló dá início à entrega de ovos de Páscoa nas escolas municipais

Prefeito Acir Filló dá início à entrega de ovos de Páscoa nas escolas municipais

Prefeito Acir Filló dá início à entrega de ovos de Páscoa nas escolas municipais
Num primeiro momento, duas instituições de ensino de Ferraz de Vasconcelos foram contempladas com os doces adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação / Foto: Veronica Ribeiro


O prefeito de Ferraz de Vasconcelos, Acir Filló, deu início, na manhã desta sexta-feira (27 de março), à entrega de ovos de chocolate em razão da Páscoa, que será comemorada, oficialmente, em 5 de abril (domingo). Num primeiro momento, duas escolas foram contempladas com os doces adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação. A previsão é que todas as unidades de ensino da gestão local recebam os ovos, beneficiando, assim, mais de 20 mil alunos.

O chefe do Poder Executivo fez a distribuição, hoje, acompanhado do vice-prefeito ferrazense, José Izidro Neto, do secretário municipal de Governo, Juracy Ferreira da Silva, e da titular da Educação, a professora Denize Ribeiro. Ao todo, 22,5 mil ovos serão entregues nas 45 unidades municipais, bem como nos 16 Centros de Educação Infantil (Ceis) subvencionados, totalizando 61 instituições.

Nesta sexta, a Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental (Emeif) “José Sebastião”, localizada no Cambiri, e o Cei “Professora Analivia Pedro”, do Jardim das Flores, foram as primeiras da rede municipal a serem contempladas com as entregas dos chocolates de Páscoa. As visitas começarão a ser intensificadas na próxima semana, quando as comemorações alusivas à Páscoa estarão mais próximas.

Foto: Veronica Ribeiro
De acordo com a secretária de Educação de Ferraz, a equipe gestora da pasta “teve muito cuidado” na elaboração do projeto que possibilita a distribuição dos doces aos educados neste ano. Denize explica que o objetivo é levar alegria e interatividade para as crianças e, ao mesmo tempo, compartilhar com os estudantes o verdadeiro sentido da Páscoa, que, segundo a gestora, “vai além do chocolate”:

“Infelizmente, muitas crianças carentes não têm condições de ganhar um ovo de Páscoa, devido à alta vulnerabilidade social na cidade onde vivemos. Por isso, estamos iniciando, hoje, a entrega dos chocolates. Acredito, inclusive, que Educação não pode ser traduzida, tão somente, como algo que é desenvolvido dentro da sala de aula, com lápis e caderno. Vale ressaltar que os produtos entregues são de extrema qualidade, contendo 52% de cacau”, completou Denize.

Já para Filló, a distribuição do ovo de Páscoa aos alunos da rede municipal é um ato simbólico humanitário:

“Ações como estas são pequenas diante de todo o trabalho desenvolvido pela pasta de Educação, que tem sido militante na busca por aperfeiçoamento e atendimento de qualidade. Poderia ficar horas elencando todos os projetos que foram e que ainda são desenvolvidos pela pasta e que têm a finalidade de melhorar o ensino na rede municipal de ensino. Entretanto, vale lembrar que esta iniciativa, a de entregar os ovos de chocolate nesta Páscoa, tem, também, a pretensão de aproximar a sociedade civil da gestão pública, auxiliando as famílias que não têm condições financeiras de oferecer este presente aos seus filhos”, finaliza o prefeito de Ferraz.

Publicado em 28/03/15
Fonte: Secom/ Ferraz

Leia mais »

Novo vírus perigoso invade smartphones Android como se fosse humano; conheça

Vírus disseminado via SMS no celular é capaz de ‘se passar por humano’

Um novo vírus que tem uma capacidade curiosa foi descoberto: burlar sistemas de reconhecimento de imagem captcha, aqueles números e letras que normalmente aparecem no final de formulários online. Descoberto no final de 2014 pelo Kaspersky Lab, ele consegue fingir que as requisições foram feitas por um ser humano, e não por um bot qualquer.

Vírus disseminado via SMS no celular é capaz de ‘se passar por humano’
Vírus disseminado via SMS é capaz de enganar o captcha (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


Batizado de Trojan-SMS.AndroidOS.Podec, ou simplesmente Podec, ele consegue burlar os captchas de uma forma bem engenhosa. Usando serviços de tradução humana em tempo real, tais como o Antigate.com, em poucos segundos, um ser humano reconhece o captcha e devolve a resposta para os servidores do vírus.

Segundo a Kaspersky, de acordo com os dados que ela conseguiu coletar, o Podec é direcionado para usuários Android, oriundos especialmente da rede social russa Vkontakte. Por causa disso, a maioria dos infectados se encontra na Rússia ou em países vizinhos. Porém, usuários na América Latina também foram infectados ao baixarem jogos “crakeados”, tais como o Minecraft - Pocket Edition.

Ao se instalar no seu smartphone, a primeira coisa que o Podec faz é solicitar privilégios de administrador. Se forem concedidos, fica ainda mais difícil remover ou impedir a execução do código malicioso. Além disso, o desenvolvimento do código do Podec é bem sofisticado. Ele possui muitas classificações lixo e ofuscações de código, o que dificulta a análise do código-fonte. E para dificultar ainda mais, os desenvolvedores usam um protetor de código-fonte legítimo e bem caro. Isso torna quase impossível o acesso e a análise do código do Podec.

No final das contas, quando o Podec consegue se instalar, ele tenta tirar dinheiro do usuário infectado por meio de cadastros em serviços que exigem uma tarifa adicional. Ele tem a capacidade de inibir o sistema que mostra ao usuário o preço de determinado serviço e que requer autorização para completar a transação.

Victor Chebyshev, Diretor do Grupo de Pesquisa No-Intel da Kaspersky Lab, disse em um relatório: "O Podec marca uma nova e perigosa fase na evolução dos malwares móveis. As ferramentas de engenharia social utilizadas na sua distribuição, a proteção avançada usada para ocultar códigos maliciosos e o complicado processo de extorsão projetado para passar no teste captcha, nos levam a crer que este trojan está sendo desenvolvido por uma equipe de programadores Android especializados em fraudes e monetização ilegal”.

Portanto, para evitar ser contaminado por este perigoso vírus, tenha cuidado ao instalar aplicativos de fora da Google Play e também de baixar aqueles apps gratuitos que parecem oferecerem mais do que deviam. Curiosamente, a Kaspersky Lab diz que o único antivírus para dispositivos móveis capaz de barrar o Trojan-SMS.AndroidOS.Podec é o Kaspersky.

Publicado em 27/03/15
Fonte: techtudo

Leia mais »

Corinthians leva susto no fim, mas vence Penapolense e bate recorde

Corinthians leva susto no fim, mas vence Penapolense e bate recorde

Corinthians leva susto no fim, mas vence Penapolense e bate recorde
Foto: Divulgação
Os números comprovam que os adversários sofrem quando enfrentam o Corinthians no seu novo estádio. Com a vitória por 5 a 3 sobre o Penapolense, ontem, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista, a equipe chegou à marca de 27 jogos de invencibilidade no Itaquerão.

Assim, o Corinthians superou a sua maior série sem derrotas no estádio do Pacaembu, obtida em 2008 e 2009, e a arena está agora atrás apenas do Parque São Jorge no quesito invencibilidade. Na Fazendinha, o clube alvinegro ficou sem perder durante 49 jogos em 1956 e 1960.

O Corinthians chegou ao 27º jogo sem derrota em casa com uma atuação avassaladora, sobretudo no primeiro tempo. Com 30 minutos, o placar já estava 4 a 0. E, pelo volume do jogo apresentado pelos donos da casa, o time poderia ter feito mais.

O massacre começou logo aos 9 minutos, quando Guerrero aproveitou o rebote do goleiro após chute de Renato Augusto e só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo da rede. Nem deu tempo de o Penapolense absorver o golpe e dois minutos depois já levou o segundo gol, marcado por Yago.

O time do interior se segurou como pôde até os 26 minutos, quando Emerson marcou um golaço. Sem precisar fazer muita força, o Corinthians marcou o quatro gol na sequência. Aos 30, Jadson fez boa jogada e tocou na medida para Petros encher o pé.

O apetite do Corinthians continuou no segundo tempo e, aos sete minutos, Guerrero marcou o seu segundo gol na partida, o quinto da equipe.

O time alvinegro só diminuiu o ritmo quando cansou. A defesa relaxou e permitiu que o Penapolense fizesse três gols, com Crislan (duas vezes) e Luis Gustavo. A reação, no entanto, não foi além e o jogo se arrastou até o apito final sem sustos para os corintianos.

Publicado em 27/03/15
Fonte: Diário de Suzano

Leia mais »

Prefeito de Ferraz cobra agilidade na liberação das obras das alças do rodoanel